Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

6 dicas para escrever conteúdos que o seu target quer ler

10/abr/2019 11:00:00 por Cristovao Cunha

blackboard-chalk-chalkboard-261734

Montar uma estratégia de conteúdos vai inevitavelmente implicar alguma tentativa-erro, no entanto, há uma série de táticas que pode aplicar para evitar o erro e diminuir as tentativas para o sucesso.

O Marketing de Conteúdos tem crescido cada vez mais e é uma das ferramentas mais importantes do Inbound Marketing, mas de pouco serve se não chegar a ninguém. Para os seus conteúdos ajudarem alguém e, principalmente, para ajudarem o seu público-alvo, devem ser relevantes e responder às perguntas dos seus potenciais clientes. Como? Não, não precisa de ler mentes...

 

#1 Oiça

Se quer saber o que pensam os seus (potenciais) clientes vai ter de falar menos e ouvir mais. Onde está o seu publico-alvo? Fóruns? Redes sociais? Grupos online? Procure-os e entre na conversa, oiça com atenção as suas dúvidas e preocupações e desenvolva a sua estratégia de conteúdos à volta disso mesmo.

O seu mercado ainda está em expansão e ainda não há espaços onde as pessoas discutam interesses e necessidades relacionados com a sua área? Crie um! Abra um grupo numa rede social ou uma página de fórum no seu website. Assim estará não só a proporcionar momentos de comunicação à volta do seu produto ou serviço, como também a posicionar-se como líder na sua área.

 

#2 Preste atenção à concorrência

Quais são os seus concorrentes diretos? Estão a ter melhor desempenho online do que a sua marca? Estão a ter mais sucesso a atingir os seus objetivos de negócio? Faça uma pesquisa detalhada nas redes sociais da sua concorrência direta, observe os padrões de comunicação e analise os melhores e piores resultados. A tentativa-erro é intrínseca à comunicação, mas não custa aprender também com os erros e sucessos dos outros.

Não se esqueça que não há uma fórmula mágica. Formas de comunicação que funcionam com uma marca podem não funcionar com outra, por isso não se esqueça de manter sempre a sua identidade.

 

#3 Keywords

Lembre-se que não está sozinho! Empresas como a Google oferecem imensa informação sobre as pesquisas mais populares, só tem de ouvir as sugestões. Use o Google Trends, AdWords e Keywords, ou invista noutras ferramentas, como o MOZ. Não se esqueça de que as palavras-chave podem ser short ou longtail, cada qual com as suas vantagens. Tire o melhor proveito de ambas e veja o seu SEO dar resultados visíveis.

 

#4 Antecipe

Há determinados marcos na sua indústria que geram dúvidas, interesse e, por isso, pesquisas! Pode até ser um dos seus concorrentes que lançou um novo produto com novas características e será inevitável que o seu público-alvo procure conteúdo sobre o tema. Esteja atento a tendências e acontecimentos, prepare conteúdos conforme (posts, tutorias, FAQs, demonstrações, etc) e estará um passo à frente de toda a sua concorrência. É assim tão simples.

O marketing de conteúdos mais eficaz é o que oferece ajuda. Se trabalhar na área de software e estiver ciente de possíveis bugs ou de um grande potencial erro do usuário de um produto ou serviço, escreva sobre como o resolver! Mesmo que demore uns meses, as pesquisas sobre o assunto vão surgir.

 

#5 Pergunte

As pessoas estão sempre a deixar comentários em fóruns, publicações ou até bem por baixo do seu nariz, nas suas publicações. Se lhe parece haver alguma relutância por parte dos seus clientes em partilhar reviews e opiniões, terá de assumir um papel ativo e impulsionar o processo com algum tipo de incentivo ou mesmo recompensa. Certifique-se de que há uma monitorização constante dos comentários partilhados e uma tentativa de implementação das solicitações mais razoáveis.

Uma forma um pouco mais óbvia e direta é fazer questionários. Se fizer sentido para o seu produto ou serviço, faça questionários ou chamadas de satisfação, organize focus groups para discutir novas ideias e necessidades.

 

#6 Analytics

Olhe para os resultados! Que blogs têm tido mais visualizações e tempo na página? Que emails têm tido melhores taxas de abertura de clique? Que conteúdos são mais clicados na sua newsletter? Que página do seu website tem tido mais visualizações vindas de tráfego orgânico? Descubra os seus conteúdos com melhor e pior performance e vai rapidamente encontrar os padrões e tendências nos interesses dos seus públicos.

Tópicos: Copywriting, SEO, Dicas práticas

Cristovao Cunha

Publicado por: Cristovao Cunha

Cristóvão Cunha, é partner e consultor da YouLead, agência de inbound marketing. Há mais de 20 anos que ajuda as organizações a melhorarem os seus processos de venda e de suporte, alinhando a tecnologia com os objetivos de negócio. Nos últimos 8 anos o seu focus tem sido no inbound marketing e tem trabalhado com empresas como a BMW, SIBS, J. Mello Saúde, Galp Energia, Dekra, Mini, Sonae e Sheraton.