Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

Como fazer um Estudo de Keywords para a sua Estratégia de SEO

As keywords são a base do SEO. Keywords são palavras-chave que as pessoas utilizam para fazerem pesquisas em motores de busca como o Google.

O objetivo de qualquer empresa é que, quando as pessoas fazem pesquisas relacionadas com a sua área de negócio - com os seus produtos ou serviços -, consigam encontrar o seu site nos primeiros resultados do Google.

No entanto, para isso, é preciso que as empresas saibam, com alguma clareza, quais são as keywords que os potenciais clientes estão a usar quando realizam uma pesquisa cuja necessidade possa ser colmatada por uma solução sua. É neste contexto que os estudos de keywords se revelam de extrema importância.

O que são estudos de keywords?

Os estudos de keywords são um processo que consiste em encontrar e compreender os termos de pesquisa que as pessoas utilizam nos motores de busca quando estão a procurar algum produto, algum serviço, algum conteúdo ou alguma solução para colmatarem uma determinada necessidade ou preocupação.

Esta análise permite às empresas terem dados importantes sobre as palavras e expressões que potenciais clientes podem estar a usar nas suas pesquisas, dados esses que são fundamentais para uma estratégia de SEO e de marketing digital de um ponto de vista mais global.

Levar a cabo um estudo de keywords é a única forma de saber o que é que as pessoas estão a pesquisar e, desta forma, de evitar a criação de conteúdos irrelevantes pelos quais ninguém está a procurar.

Mas, então, quais são as etapas que deve seguir para fazer um estudo de keywords que suporte a sua estratégia de SEO?

1 - Faça uma lista de tópicos relevantes relacionados com o seu negócio

Tipicamente, o primeiro conjunto de tópicos ou expressões que lhe vierem à cabeça serão os mais estratégicos, pois estarão intimamente relacionados com os seus produtos, serviços ou soluções. Estes tópicos serão os mais importantes e aqueles para os quais pretende que o seu site seja ranqueado (exibido nas páginas de resultados do Google).

Coloque-se, igualmente, no lugar das suas buyer personas e procure encontrar os tópicos mais prováveis de serem pesquisados por elas (e, obviamente, para os quais gostaria que o seu site fosse encontrado).

Por exemplo, no caso da YouLead, alguns tópicos importantes são: inbound marketing, transformação digital, marketing digital, marketing automation, HubSpot, etc…

2 - Encontre as keywords que integram esses tópicos

Embora o tópico “marketing digital” seja revelante para a YouLead, ele pode não ser, necessariamente, uma keyword estratégica, na medida em que é demasiado genérica e quem a pesquisa pode ter intenções diversas e ambíguas (que não coincidem com o conteúdo do nosso site nem com as soluções que disponibilizamos).

Assim, é importante encontrar long tail keywords que se enquadram nos tópicos definidos no passo anterior e que são, muito provavelmente, as expressões usadas nas pesquisas levadas a cabo pelo seu público-alvo.

Para o exemplo do tópico “marketing digital”, algumas keywords poderão ser: agências de marketing digital, estratégias de marketing digital, ferramentas de marketing digital, etc…

A ideia é ter apenas uma lista inicial de keywords estratégicas relacionadas com um tópico. O mais natural é que ela venha a sofrer alterações nas etapas seguintes.

Long Tail Keywords

3 - Tenha sempre em consideração a intenção de pesquisa (search intent)

Como vimos anteriormente, a intenção com a qual as pessoas fazem uma determinada pesquisa é um aspeto crucial a ter em conta no seu estudo de keywords. Uma palavra-chave pode ter diversos significados e, embora um deles possa estar relacionado com o seu negócio, outros poderão não estar.

Vamos dar um exemplo mais básico do que o do marketing automation. Imagine que a sua empresa atua na área da consultoria de recursos humanos: talvez a palavra-chave “recursos humanos” possa parecer relevante e a mais imediata no seu estudo de keywords. Porém, muitas pesquisas sobre recursos humanos podem, na verdade, estar à procura de “licenciaturas em recursos humanos” ou “vagas de emprego em recursos humanos” e não “consultoria de recursos humanos” ou “empresas de gestão de recursos humanos”, por exemplo.

Assim, torna-se fácil perceber a importância de considerar as intenções das pesquisas. Em termos práticos, as suas páginas e os seus conteúdos devem tentar responder ao problema ou necessidade que a pesquisa da pessoa revelou.

4 - Procure termos relacionados

O mais natural é que, mesmo com a sua experiência, não se lembre de todas as possíveis keywords que as pessoas possam, potencialmente, usar para pesquisarem sobre um determinado tema.

Uma boa ajuda pode ser a secção de pesquisas relacionadas que o Google costuma exibir no final da página de resultados quando realizamos uma determinada pesquisa. Essas keywords relacionadas podem gerar ideias para eventuais palavras-chave relevantes e a ter em consideração.

Termos de pesquisa relacionados - SEO

5 - Recorra a plataformas de pesquisa de keywords

Existem várias ferramentas de SEO que podem ajudá-lo a ter mais ideias de keywords estratégicas para o seu negócio. Mais do que isso, podem fornecer-lhe informações importantes como o nível de popularidade das keywords (volumes de pesquisa mensais), a posição atual do seu site para essas keywords, a dificuldade em ranquear ou o CTR orgânico das palavras-chave.

Algumas dessas ferramentas são o MozPro, o SEMrush ou o Ahrefs, por exemplo. Mas também a Google disponibiliza uma ferramenta de pesquisa de keywords, que é talvez a mais conhecida e pode ser usada de forma gratuita: o Google Keyword Planner.

Google Keyword Planner

Como complemento, pode também instalar uma extensão do Google Chrome chamada Keywords Everywhere, que exibe também uma lista de keywords relacionadas com a da pesquisa efetuada.
Com a ajuda destas plataformas, e dos dados que elas disponibilizam, já estará em posição de saber quais são as keywords mais estratégicas do seu negócio e que devem ser otimizadas na sua estratégia de SEO.

Essas keywords devem resultar de um equilíbrio entre relevância, autoridade e volume. Ou seja, palavras-chave com volumes de pesquisa razoáveis para as quais o seu site consiga competir, tendo em conta a concorrência já existente mas também a sua capacidade de produzir conteúdo valioso e de qualidade que vá ao encontro desses mesmos termos de pesquisa.

Posto isto, e trilhadas todas estas fases, já está em posição de começar a otimizar o seu site (e outros canais digitais) e os seus conteúdos para as keywords identificadas como mais estratégicas.

E não se esqueça: os esforços de SEO nunca conduzem a resultados imediatos. Por isso, comece já a fazer o seu estudo de keywords para contribuir para a autoridade do seu negócio nos motores de busca a médio-longo prazo.

Gostava de contar com a ajuda da YouLead para desenvolver um estudo de keywords? Não hesite em contactar-nos.

Fale connosco

 

Conteúdo publicado originalmente em julho de 2021.

Tópicos: Marketing

Juliana Belo

Publicado por: Juliana Belo

Deixe aqui o seu comentário:

Subscreva o nosso blog!