Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

O Inbound Marketing É Eficaz?

11/jan/2016 10:44:44 por Cristovao Cunha

o-inbound-marketing-e-eficaz.jpg

Sim, o Inbound é eficaz

De acordo com um estudo feito pela HubSpot, uma das melhores plataformas de marketing software, o inbound é a estratégia de marketing preferida  por empresas B2B, B2C e não lucrativas.

As empresas estão a acordar para esta realidade e a implementar táticas de inbound. Além do mais, campanhas de inbound têm maior ROI (retorno) do que campanhas outbound (telemarketing, etc), e isto reflete-se em empresas de todos os tamanhos e orçamentos.

Outras estatísticas pertinentes desse estudo, que se baseou num inquérito feito a 4000 profissionais de marketing:

  • Dos marketers questionados, o inbound tinha 75% de ser a abordagem de marketing escolhida pela marca, enquanto o outbound apenas 25%, uma percentagem consistente com todo o tipo de empresas (B2B, B2C,  e não-lucrativas).
  • O inquérito aponta também que os esforços de inbound têm maior ROI do que técnicas de outbound, independente do tamanho da empresa ou do gasto total em marketing
  • Na era digital, as empresas estão a orientar o seu foco para estratégias de marketing e táticas que resultam em ROI, e de todas as empresas inquiridas no estudo, a HubSpot descobriu que estas estariam três vezes mais propensas a ver um maior ROI em campanhas de inbound do que em outbound.

Ver o estudo: State of Inbound

Inbound Marketing: táticas

A maioria das estratégias de inbound marketing apresentam uma combinação de cinco táticas principais de lead generation (geração de leads) e lead conversion (conversão de leads):

  1. Criação de conteúdo
  2. SEO (search engine optimization)
  3. Social Engagement (interação em redes sociais)
  4. Lead Nurturing (namorar as leads)
  5. Analytics (análise de dados)

1. Criação de conteúdo

O conteúdo online é uma das melhores ferramentas que há para atrair potenciais clientes para o seu website.  O conteúdo deve ser relevante e útil para os leitores.

Deve ser produzido de forma a ser informativo, educacional ou que tenha algum caráter de entretenimento.

Conteúdo de qualidade define a sua marca como líder no mercado, gerando credibilidade para aqueles que interessam verdadeiramente: os prospetos que estão à procura dos seus produtos ou serviços.

2. Search Engine Optimização

SEO (em Português, otimização para os motores de busca), faz com que seja mais fácil para os seus prospetos encontrarem o website da sua empresa se tiver um bom posicionamento nos motores de busca.

Os motores de busca são um dos primeiros pontos de contacto em que as pessoas iniciam a sua pesquisa quando estão interessadas em alguma coisa, iniciando o seu ciclo de compras.

O inbound marketing leva o SEO mais além, ao fazer uso de call to actions (apelos à ação) que ligam a landing pages (páginas de destino) concebidas para converter visitantes em leads e leads em vendas.

3. Interação social

O "social" pode aumentar o alcance que a sua marca tem no mercado, sendo mais um meio para distribuir o seu conteúdo e passar a sua mensagem.

Nestas plataformas, poderá comunicar em tempo real tanto com novos prospetos como com clientes atuais.

Desde os fóruns, aos blogs, passando pelas famosas redes sociais, como o Facebook, LinkedIn e Twitter, as redes sociais são um bom meio para passar o seu conteúdo e mensagem de forma orgânica.

4. Lead Nurturing

Lead nurturing é um namoro, uma relação que tem ao longo do tempo com as suas leads. Consiste em comunicar com os seus prospetos e acompanhá-los, independente se eles estiverem prontos para comprar ou não.

Como tática de inbound marketing, o lead nurturing ajuda as marcas a criar bons relacionamentos com os seus prospetos,  ao espalhar o conteúdo através de ofertas gratuitas descarregáveis, tornando os prospetos em leads, com o objetivo de converter estas leads em clientes pagadores.

O conteúdo é apenas um dos elementos do lead nurturing. Outros são os botões call to action e as landing pages, que trabalham em conjunto para promover o seu conteúdo pela internet. 

Um botão de call to action direciona a atenção do utilizador para o conteúdo que lhe está a ser oferecido, e a landing page informa-o de como se inscrever para esse conteúdo. 

Quando a oferta tiver sido descarregada, o utilizador torna-se uma "lead", e é colocado numa lista para a execução de campanhas de email marketing, que irão fazer o seguimento à lead, com base no conteúdo descarregado. 

5. Analytics

A informação que recebemos da analítica é um dos maiores propulsores da metodologia que é o inbound mkarketing. Sem dados mensuráveis não sabemos se estamos no caminho certo. 

Por isso as campanhas de inbound são boas, pois tudo é mensurável. Há várias ferramentas que permitem medir o desempenho de vários aspetos do processo do inbound marketing.

Para ter sucesso com o inbound, as empresas devem conseguir avaliar as táticas e ferramentas necessárias para medir o seu desempenho face aos objetivos a que se propuseram, e depois aplicar as descobertas que fizeram para melhorar as suas iniciativas de inbound. Só assim irão conseguir maximizar o seu ROI de forma quantificável.

Lições a tirar

O inbound marketing é a metodologia ideal para gerar e converter leads de forma eficaz, permitindo medir o ROI dos esforços de marketing investidos, para todas as empresas que querem ter melhores resultados.

Isto dá às marcas uma forma eficiente de espalhar a sua mensagem para o mercado, de forma a atrair, e não a afastar. 

As empresas com produtos e serviços atraentes podem assim competir com as grandes marcas que anteriormente desfrutavam dum domínio do mercado, por terem orçamentos avultados de marketing. Desta forma, o inbound marketing funciona como que uma alavanca, permitindo a empresas de menor dimensão poderem competir com os seus grandes rivais.

Marketing automation

No entanto, as campanhas de inbound marketing requerem conhecimento e tecnologia especializada, para serem executadas corretamente. É por isso que as empresas, para otimizar os seus esforços de inbound marketing, utilizam software de marketing automation, tendo várias aplicações web, social, de relação de clientes (CRM), entre outras.

Embora as vantagens sejam óbvias, muitas empresas ainda se debatem com a adoção de software de marketing automation. De facto, a maioria dos marketeers acha que a automatização do marketing é muito importante para o sucesso das suas campanhas, mas falta-lhes a mão-de-obra e conhecimentos especializados para a execução das mesmas.

Peça ajuda

As campanhas de inbound podem ser complicadas de implementar e manter sem uma equipa dedicada de inbound marketers para acompanhar o cliente.

É por isso que as empresas com recursos humanos (e financeiros) limitados, mas que estejam comprometidas no seu marketing, devem considerar iniciar ou afinar os seus esforços de inbound ao contratar uma agência de inbound marketing.

 

Saiba mais sobre Inbound Marketing com o nosso Guia

"O que é o Inbound Marketing?"

ebook-cover-o-que-e-inbound-mktg.png

Download Guia

Tópicos: Inbound, automação

Cristovao Cunha

Publicado por: Cristovao Cunha

Cristóvão Cunha, é partner e consultor da YouLead, agência de inbound marketing. Há mais de 20 anos que ajuda as organizações a melhorarem os seus processos de venda e de suporte, alinhando a tecnologia com os objetivos de negócio. Nos últimos 8 anos o seu focus tem sido no inbound marketing e tem trabalhado com empresas como a BMW, SIBS, J. Mello Saúde, Galp Energia, Dekra, Mini, Sonae e Sheraton.

Deixe aqui o seu comentário: