Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

Landing Pages: 10 Boas Práticas para Implementar em 2021

Uma landing page é um ativo fundamental em qualquer campanha de marketing digital. Uma landing page, ou página de destino, é uma página de um website que tem um objetivo muito específico e claro: a conversão de visitantes em leads.

Independentemente do seu conteúdo ou da forma (do seu aspeto visual), o propósito de qualquer landing page é converter o tráfego em leads. Isto acontece na medida em que estas páginas oferecem, geralmente, algum conteúdo ou recurso útil no qual as pessoas têm interesse.

Esses conteúdos/recursos podem ir desde um eBook, uma infografia, um vídeo, um case study, um simulador ou um free trial, por exemplo. E o que se espera é que, para obterem a oferta em questão, os visitantes deixem em troca alguns dados pessoais relevantes para a empresa. Deste modo, é possível começar a “namorar” estas leads e a ajudá-las a avançarem na sua jornada de compra.

Porque é que deve usar landing pages?

Uma landing page deve ser uma página altamente orientada para a conversão. O que significa que não deve conter quaisquer elementos que causem distração e constituam um eventual entrave à realização da ação desejada por parte dos visitantes.

Sem menus, sem informação demasiado extensa, sem vários CTAs (botões de apelo à ação) e sem várias opções de navegação, uma landing page torna-se mais eficaz no sentido de captar a atenção do visitante e de conduzi-lo à conversão (ao preenchimento de um formulário).

Landing Pages 1

Algumas estatísticas sobre as vantagens de usar landing pages

  • A taxa de conversão média de uma landing page (para todas as indústrias) é de 9,7% (Unbounce);
  • Empresas que passam de 10 para 15 landing pages veem um aumento de 55% na geração de leads (HubSpot);
  • 48% dos profissionais de marketing constroem uma nova landing page para cada nova campanha (Marketing Experiments);
  • Formulários de inscrição presentes em landing pages têm uma taxa de conversão de 23% (Omnisend).

Tendo em conta estes dados, a utilização de landing pages relevantes e otimizadas para a conversão nas suas campanhas de paid media, na promoção dos seus eventos ou noutras campanhas pontuais de marketing parece ser uma condição fundamental para o seu sucesso.

Mostramos-lhe, por isso, algumas recomendações e boas práticas que deve seguir na construção destas páginas.

Landing Pages

1. Crie uma landing page para cada buyer persona

A segmentação deve ser o ponto de partida de qualquer ação de marketing e saber quem são as suas buyer personas é uma premissa para o desenvolvimento de qualquer conteúdo ou oferta. E as landing pages não são exceção.

Se cada buyer persona tem uma necessidade ou preocupação concreta, isso deve necessariamente materializar-se em landing pages com estilos, conteúdos e ofertas distintas (que vão ao encontro dessas mesmas necessidades).

2. Foque-se num único objetivo de conversão

Ter várias ofertas numa mesma landing page pode causar demasiado ruído, distrair os visitantes e impedir que cumpram a ação desejada (diminuindo, consequentemente, a taxa de conversão).

Da mesma forma que o conteúdo de uma landing page deve focar-se numa única persona ou audiência, deve igualmente promover uma única oferta, de forma a ser mais persuasivo e eficaz.

3. Inclua todos os elementos indispensáveis a uma landing page

Tendo em conta que são páginas destinadas à captação de leads, existem alguns elementos fundamentais que devem integrar uma landing page: um título claro e preciso; uma breve descrição da oferta que demonstre o seu valor; uma imagem; e, o mais importante para guardar os dados do visitante, um formulário e um CTA.

4. Use um copy persuasivo

Tenha em consideração que, quando alguém chega a uma landing page, não espera ler mensagens típicas de marketing e vendas. Espera, pelo contrário, ler algo sobre a oferta ou conteúdo em destaque na página.

Neste sentido, evite chavões como “inscreva-se” ou “submeta” e foque-se antes em fornecer informações úteis que permitam aos visitantes tomarem uma decisão rápida. Adote um discurso conversacional, envolvente e, acima de tudo, personalizado.

5. Destaque os benefícios da oferta, não o seu produto/serviço

A sua landing page deve evidenciar, num pequeno parágrafo ou por tópicos, os benefícios da oferta que promove.

Tente transmitir de que forma é que o conteúdo ou recurso que vai ser disponibilizado irá contribuir para resolver algum problema ou colmatar alguma necessidade junto do seu público-alvo.

6. Remova a navegação da página

Ao contrário de outras páginas de um website, nas quais se pretende que os visitantes naveguem de umas para as outras, numa landing page o objetivo é que as pessoas permaneçam.

A existência de menus ou links pode causar ruído e contribuir para que as pessoas abandonem a página antes de converterem. A navegação deve, por isso, ser eliminada.

7. Solicite apenas a informação realmente necessária

Neste ponto, tem de pesar bem a balança e encontrar um meio termo entre pedir informações a mais (e correr o risco de os visitantes não quererem preencher tudo) e pedir informações a menos (gerando leads pouco qualificadas das quais sabe pouca informação).

Cada caso é um caso e não existe uma resposta universal para o número de campos que devem integrar um formulário de uma landing page. A nossa recomendação é que faça testes e perceba o que funciona melhor para o seu negócio.

8. Construa landing pages responsivas

Este já deveria ser um dado adquirido, tendo em conta que cada vez mais pessoas acedem à internet através dos seus smartphones, mas continuam a existir muitas páginas de websites que não estão otimizadas para dispositivos móveis.

As suas landing pages devem adaptar-se ao tamanho de qualquer ecrã, mantendo o conteúdo legível e a posição dos elementos visuais, dos formulários e dos botões.

9. Exiba uma thank you page

Uma página de agradecimento pode ser uma forma efetiva de, precisamente, agradecer o facto de a pessoa ter convertido na landing page associada.

Estas páginas permitem-lhe introduzir alguma personalização (uma vez que acabou de recolher dados pessoais sobre o visitante) e ainda introduzir um novo ponto de conversão para que, eventualmente, a lead avance logo na sua jornada de compra.

10. Teste regularmente

Para melhorar cada vez mais as suas taxas de conversão é necessário analisar frequentemente a performance das suas landing pages. Isto pode significar fazer A/B testings ou adaptive testings, uma funcionalidade existente no HubSpot que permite testar até cinco variações de uma mesma página.

A análise dos resultados destes testes irá possibilitar-lhe construir landing pages cada vez mais relevantes e eficazes.

 

Considere estas recomendações e comece o ano de 2021 a criar landing pages que contribuam para a geração de mais e melhores leads para o seu negócio.

Na YouLead podemos ajudá-lo na sua estratégia global de angariação de leads. Não hesite em contactar-nos.

Fale connosco

 

Conteúdo publicado originalmente em janeiro de 2021.

Tópicos: Marketing

Juliana Belo

Publicado por: Juliana Belo

Deixe aqui o seu comentário:

Subscreva o nosso blog!