Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

Foi revelado o timing ideal para enviar e-mails!

20/mar/2019 10:26:34 por Ana Tavares

Foi revelado o timing ideal para enviar e-mails!

O segredo foi revelado! Descubra neste artigo o timing certo para enviar e-mails e comece já a aumentar a performance das suas campanhas.

É inevitável! Qualquer bom marketeer já se sentiu frustrado por ter enviado um e-mail que obteve taxas de conversão absolutamente lamentáveis. Na verdade, foi com tentativas e erros (e muitos testes A/B!) que chegámos aqui - ao melhor dia e hora para se enviar um e-mail.

A InsideSales.com Labs analisou mais de 18 milhões de e-mails... et voilá! Os números foram revelados.

Taxas de Abertura

Se o objetivo for potenciar as taxas de abertura, experimente enviar a sua próxima campanha de e-mail marketing entre as 16h e as 17h:

1

Downloads

Investiu tempo a produzir conteúdos pertinentes para as suas buyer personas e a taxa de downloads está aquém das expetativas? Depois de definir estrategicamente se deverá colocar o seu conteúdo como gated ou ungated, tente fazer o envio algures entre as 17h e as 18h:

2

Está visto que enviar e-mails às 8h da manhã não será uma boa prática a adotar se quer apresentar resultados ótimos à administração:

3

Mas o mistério não acaba aqui: há outras variáveis a considerar quando o propósito é aumentar a performance das suas campanhas de email marketing. E a maioria delas dependem vigorosamente do conhecimento que tem do seu target (por exemplo, se é B2C ou B2B), por isso é crucial que entenda as suas rotinas e que consiga segmentar diferentes perfis para que possa comunicar com relevância, da forma mais personalizada possível. 

Assunto: menos caracteres, mais performance!

Não é fácil e envolve algum trabalho criativo, mas conseguir exprimir o assunto do seu e-mail em apenas 3 palavras pode ser bastante significativo para as suas taxas de conversão. A premissa é simples: seja qual for o assunto, vá straight to the point!

4

Dica: Comece o assunto do seus e-mails com "FWD:". Não há uma explicação científica para esta estatística, mas a diferença entre usar e não usar é significativa para as taxas de abertura e de download:

5

Apenas deve garantir que esta tática não se torna demasiado "tricky" e que o conteúdo do e-mail possa de facto ser relevante para quem o vai abrir, caso contrário a pessoa que o ler pode não voltar a confiar mais na sua marca. 

Se já tentou tudo isto e os resultados continuam a não ser os expectáveis, talvez o seu negócio precise de ser mais Inbound e menos invasivo:

Descobrir o Inbound Marketing

Fonte: InboundSales.com

Tópicos: email marketing, Dicas práticas

Ana Tavares

Publicado por: Ana Tavares

Inbound Consultant na YouLead. Por enquanto é feliz a viajar e a "provar" chocolate. No futuro sonha levar o seu empreendedorismo mais além. P.S: Pretende comprar um BMW X1 antes de atingir a Terceira Idade.

Deixe aqui o seu comentário: