Contacte-nos (+351) 217 828 101EN|PT

Blog YouLead - Inbound Marketing

Como criar um plano de Email Marketing

15/jun/2016 19:32:38 por Joao Alexandre

Muitas empresas e marketers sabem que devem de usar o email marketing para "namorar" os seus subscritores e clientes, mas ainda assim muitos deles não usam o email com a atenção e rigor estratégico que este canal merece.

como-criar-plano-email-marketing.png

É comum as empresas usarem o email como um meio de comunicação com os seus subscritores, leads e clientes, mas muitas fazem-nas sem pensar nos seus objetivos nem numa estratégia de comunicação a longo prazo.

Pode dar trabalho, mas o esforço que investir agora irá trazer-lhe resultados depois no seu sucesso a longo prazo. Com isto, apresentamos-lhe neste artigo cinco passos para criar um plano de comunicação de email marketing. 

1. Pense na sua imagem

Que emoções ou palavras quer que os recipientes querem que sintam quando recebem um email seu? Eis alguns exemplos: conhecedor do seu mercado, profissional, confiável, respeitador. 

Cada email que enviar ao seu leitor coloca a sua marca e a sua mensagem à frente deles. Se está a criar uma marca de respeito no seu mercado, os seus esforços de e-mail marketing devem ser bem aplicados. Aplique-se ao passar os seus valores e personalidade do seu negócio para o guiar no seu plano e criar uma estratégia de email marketing que apele à sua lista de emails.

2. Saiba o que é mais útil para os seus leitores

Sabe qual o tipo de conteúdo que é mais útil e valioso para os seus leitores? Se sabe, muito bem, se não sabe, então deverá perguntar-lhes. Pode fazer isto através de surveys (questionários) online ou a perguntar-lhes diretamente por email. O feedback que tiver dos seus leitores vai ajudar a criar conteúdo no qual eles estão interessados.

Outra forma de saber que temas são de maior interesse para os seus subscritores é analisar e medir a sua analítica das campanhas de email: veja as suas taxas de abertura, de cliques e saiba quais os artigos ou tipos de conteúdo que geraram mais interesse, e que assuntos e títulos tiveram mais aberturas. Assim pode identificar os temas que tiveram mais apelo aos seus subscritores.

3. Envolva os seus leitores

Para além de saber quais os temas que lhes interessam, deverá planear em como envolvê-los mais ainda com o conteúdo que lhes envia por email. Isto vai para além dos temas que lhes interessam.

Envolva-os ao torná-los parte do seu conteúdo. Talvez possa fazer isto ao colocar uma secção de perguntas e respostas nas suas newsletters, ou fazer um survey centrado num tema, ou pedir-lhes feedback direto em cada newsletter que envia.

Convide os seus leitores para partilhar as suas histórias de sucesso, dicas ou outro tipo de informação com os outros leitores. Dar ao seu público oportunidades em que eles possam dar a sua opinião faz com que os seus emails sejam mais pessoais e interessantes, e irá aumentar o envolvimento que as pessoas têm com a sua marca.

4. Aumente o seu alcance, cresça a sua lista

Quer encontrar mais pessoas que estão interessados naquilo que a sua empresa oferece e envolver-se mais com os seus subscritores e clientes leais? Se sim, pense em como o email marketing o pode ajudar a chegar lá. 

Tudo começa com a sua lista. Quer chegar a mais pessoas? Cresça a sua lista. Pense primeiro em quem gostaria de adicionar à sua lista (a sua buyer persona), e porque é que ele ou ela se haveria de se subscrever na sua newsletter? Como irá promover a sua comunicação por email  e envolvê-los no seu funil, "namorando" as suas leads até as fechar em clientes? 

As respostas a estas perguntas irão determinar a sua estratégia e o seu plano de comunicação de email, assim como as táticas que irá implementar. 

Normalmente, deve-se oferecer algum tipo de incentivo por via dum conteúdo premium (guia, checklist, ebook, etc), de forma a gerar subscritores, ou seja, leads, que depois poderá namorar ao longo no seu funil.

5. Agende os seus emails

Está a analisar e medir a sua analítica, certo? Analise os relatórios das suas campanhas de emails, peça feedback aos seus subscritores e saiba qual o tipo de conteúdo em que eles estão interessados. 

Só após isto, é que deve começar a criar o seu plano de comunicação de email. Dependendo da sua atividade, pense por exemplo em atividades sazonais (regresso às aulas, feriados, eventos festivos, futebol, outros) como oportunidades para associar estes temas às suas campanhas de email marketing. 

Pode ainda pensar em algum tópico comum e atual que possa integrar numa secção da sua newsletter, que possa ser consistente ao longo do ano (e não dependente duma altura ou tema específico). 

Por exemplo, talvez possa incluir uma receita semanal, ou a dica do mês, ou um link para um artigo relevante para a sua audiência. Seja o que for que envie, os seus leitores devem achar o conteúdo útil, para que as expetativas deles sejam altas e que queiram abrir os seus emails quando sabem que são enviados por si. Coloque todas estas ideias na sua estratégia ou no seu plano de comunicação e refine-o ao longo do tempo.

Conclusão

O seu plano de comunicação de email marketing deve ser uma estrada em constante evolução, e não um beco sem saída. Ao planear agora a sua estratégia, está a definir um benchmark para aquilo que quer alcançar nos próxximos meses, e saber quais os temas mais interessantes para a sua audiência, assim como as ferramentas e táticas que ajudarão a chegar ao seus objetivos. 

Para saber mais sobre email marketing, assista ao nosso próximo webinar, Boas Práticas de Email Marketing, com Cristóvão Cunha, Senior Inbound Marketing Consultant da YouLead. 

WEBINAR: BOAS PRÁTICAS DE EMAIL MARKETING

Assistir à gravação

cristovao-cunha.jpg

 

 

Tópicos: email marketing, Dicas práticas

Joao Alexandre

Publicado por: Joao Alexandre

O João é um estratega digital que usa content marketing e criatividade para chegar ao consumidor moderno.

Deixe aqui o seu comentário: